quarta-feira, 15 de abril de 2009

Quarta, a arta...

Alô, criançadaaa! Wilson de volta por aqui! E preparem-se, porque o dia de hoje foi altamente produtivo. (Não sei que aspecto, mas foi!)

Começamos o dia com a imaginação fértil de Emmanuel durante as aulas de Alessandro:

[E] - ... Eu tava imaginando ele com aquelas roupas de discoteca.
[L] - Com as que seu pai usava?
[E] - Sim. E como o pai de Paulo usava, e o seu pai usava.
[PH] - Você conhece o meu pai?
[L] - Ééé, você conhece o meu pai?

Lado bom; ao menos Emmanuel imaginou gente vestida. Enfim.

Continuando: Crianças, contexto é tudo nessa vida. Uma frase isolada ou mal dita pode apresentar um sentido totalmente diferente. Esse é um desses casos. Aconteceu quando discutia algo com Luqas, vejam na frase a seguir: (com direito a imagem ilustrativa)

[W] - É que Pezinho tem uma assim...

Pegou mal. Bah! Mas aproveitando esse clima.. hum... descontraído, temos Luqas parodiando sua canção favorita. E não, eu não falo de nenhuma música de Teatro Mágico. Vamos lá:

[L *ao ritmo de YMCA* ] - "Você acaba de levar um... F, A, IL..." (8)

Aliás, falando em coisas internacionais, hoje temos momento cultural. Um oferecimento da aula de Parada:

Momento Cultural

[W *contando piada* ] - Aí o japonês atende: "Arô?!"
[PH] - Nããão. Alô em japonês é moshi moshi.

E em seguida, numa discussão sobre elementos da Tabela Periódica, Paulo explica que não temos elementos com J ou Q porque a tabela deriva do nome dos elementos em Latim.

[W] - Sim, e Alea jacta est?
[L *ouvindo no meio da conversa* ] - É o quê? Sexo avançado?!
[W+P] - Nããão. Quer dizer; A sorte está lançada.

Muito bem, agora que sua mente foi preenchida com estes momentos de profundo conhecimento, voltamos com a nossa programação normal.

E voltamos com uma presença de peso; Paulo Teles. Hoje ele pagou - literalmente - por todas as brincadeiras que já fez. Afinal, além de um quadro carinhosamente preparado para sua recepção (Gabi, coloca as fotos aí nos comentários! xD), ele ainda teve de pagar as apostas perdidas. (Embora Paulo - o Henrique - relute em dizer que era minha mesada. u.u)

Mas a aula não resumiu somente a isso, acompanhem o raciocínio de Paulo Teles;

[PT] - Nunca mais faço trabalho com literatura! Dá muuuito trabalho...
[L] - Daí o nome; trabalho. .-.

Que coisa, não? E não obstante a primeira frase de duplo sentido, agora temos um diálogo:

[W] - Emmanuel, bora?
[E] - Vou naaada.
[W] - Frouxo!

Calma! Explicação: Eu estava convidando o Homem-Pintinho para uma aposta no Flamengo vs. Foguinho Botachoro Botafogo de domingo. Mas nem ele confia no próprio time. Pfff...

Da Série: "Nunca entendi letras de música"

[L] - E é Santa Rosa Madalena?
[PH] - Não! É Sandra Rosa Madalena. ¬¬

Ah, Sidney Magal... Aliás, e por falar em galanteadores, Paulo Teles teceu um comentário altamente pertinente. (H)

[PT] - As menininhas achavam Fausto Cardoso bonito, assim como Marcelo Déda.
[L] - Não é de família, Wilson...

Mamãe discorda, Luqas. u.u

E, agora; ela! A estupenda, maravilhosa, inefável : Edilicious!

[Edi *entregando as redações* ] - Ana Carolina!
[L] - Seu Jorge!

Heh. E agora, senhoras e senhores, o momento mais esperado deste blog. Deem as mãos e preparem-se para a...

Frase Do Dia

"[Evilásio] - Mas você não acha que todo filho queria ter uma mãe?"
[L] - Mas é se é filho, é claro que tem uma mãe...
*numa discussão sobre adoção por casais gays*
~

Campanha Caderno d'O Arco

Querido leitor, colabore com nossa campanha para angariar capital o suficiente para comprarmos um caderno para O Arco. As condições de trabalho são precárias, temos de reciclar folhas por dias e dias. (afinal, temos consciência ecológica *cof, cof*) Fora que no final do ano o caderno seria doado/vendido/sorteado dentre os que o quiserem.

Doações para qualquer um dos membros d'O Arco. Não importa o valor.

~

É isso. Tchau, cambada! :)

3 comentários:

Vê só, cuidado com o nível de besteira que tu vai falar, ok? Ou seria escrever?oO
Que seja, comente logo aí, vai